No passado dia 8 de maio de dois mil e dezanove, decorreu a XIV Edição do Piquenique Saudável, na Praça do Povo, no Funchal, e, à semelhança dos anos anteriores, a nossa Escola, através do clube Cultiva Saúde, inserido na Rede de bufetes Escolares Saudáveis, fez-se representar com 17 alunos dos 2º e 3º ciclos, assim como do secundário.

À chegada ao local, fomos brindados com as gratificantes palavras do Senhor Secretário Regional da Educação. Na mensagem dirigida a todos os participantes, reforçou que a adoção de estilos de vida saudáveis é essencial para o bem-estar físico, social e mental e ao bom desempenho escolar. As suas palavras foram como que música para os nossos ouvidos! Inspiram-nos a alegres movimentos que se sincronizaram com os ritmos das músicas eleitas para a “Dança ao Sol”. O sol não apenas iluminou os sorrisos dos presentes como tentou fazer das suas, não fossem os protetores solares os nossos grandes aliados na proteção da pele.  Apesar da cuidadosa aplicação destes produtos, o sol teimou em nos deixar a sua marca, visível no tom levemente bronzeado, ao final do dia. Sob um céu azul e com o Atlântico como horizonte, seguiram-se uma série de desafios lúdico-pedagógicos, ansiosamente aguardados. Estas iniciativas incluíram provas de orientação, tiro-ao-alvo, construção de puzzles e recolha de palavras para elaboração de afirmações alusivas à alimentação saudável. Se por um lado a azáfama das atividades nos enchia as medidas, a fome e a sede chegaram de mansinho e conquistaram terreno por completo. Foi hora de abrir as lancheiras e colorir a Praça com tonalidades vibrantes das frutas e das sandes recheadas de hortofrutícolas. Se suspeitas havia sobre paladares menos agradáveis, o mito foi desvendado pelos sabores adocicados das frutas da época. Como da boa alimentação faz parte a hidratação, brindámos ao líquido mais precioso da Natureza, com água que nos foi gentilmente cedida pela coordenação da Rede de Bufetes Escolares Saudáveis. Salientamos que a integração na Natureza não foi descurada! Os resíduos resultantes foram devidamente separados e colocados nos respetivos ecopontos e as tampas plásticas acondicionadas com destino a iniciativas solidárias. E porque os desafios chamavam por nós, cedemos ao apelo de nova rodada, seguida da entrega de prémios simbólicos aos vencedores, a fechar mais uma edição do Piquenique Saudável. 

Olhares contemplativos a reiterar expressões como “Professoras, nunca tinha vindo aqui!” e sentimentos verbalizados “A música primeiro entra em mim, para depois a deixar sair.” (Diogo, 5ºC), acreditamos ser a motivação crucial dos professores. A par dos desabafos de Alma, captados aqui e acolá, foi perfeitamente notório que o convívio salutar, que contou com a presença de encarregados de educação, inclusive da nossa escola, andou de mãos dadas com a tecnologia e que, o espírito cooperativo, foi fulcral na partilha de experiências e na edificação de saberes.  Neste sentido, as iniciativas preconizadas neste evento, concretizaram o princípio que as atividades extra sala, assumem particular relevância como ferramentas menos convencionais que mobilizam princípios e valores inerentes às competências que figuram no perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória”.